Resenha: Saí Cedo, Levei meu Cachorro, Kate Atkinson

08 janeiro 2014

Oi gente tudo bem?!?
E finalmente a tal da resenha do “Cachorro.”
Todo mundo me perguntava “Quando vai sair a resenha do livro do Cachorro”.
O Cachorro é quase simbólico se é que me entendem.
Mas vamos lá.
Para saber mais sobre a Maratona e Desafio Literário.
- Maratona e Desafio Literário.
- Diário da Maratona Literária {Dia01}.
- Resenha de Veneno.
- Diário da Maratona Literária {Dia 02}
- Diário da Maratona Literária {Dia 03}
- Diário da Maratona Literária {Dia 04}
- Resenha Tipo Destino.
- Diário da Maratona Literária {Dia 05}
- Diário da Maratona Literária {Dia 06}
Saí cedo, levei meu cachorro_03

Saí Cedo, Levei Meu Cachorro - Jackson Brodie - Livro 04 - Kate Atkinson

Um dia como outro qualquer para a chefe de segurança Tracy Waterhouse, até que ela faz uma compra pela qual não esperava. Um momento de loucura é tudo o que é preciso para o mundo monótono de Tracy ser virado de cabeça para baixo e o tédio da vida cotidiana ser substituído pelo medo e o perigo a cada esquina. Testemunhas da troca faustiana que Tracy fez no Centro Merrion em Leeds são Tilly, uma atriz idosa à beira de seu próprio desastre, e Jackson Brodie que voltou ao condado em busca das raízes de outra pessoa. Todos os três personagens descobrem que o passado nunca é história e que nenhuma boa ação fica impune.
Edição: 1
Editora: Fundamento
ISBN: 9788539505340
Ano: 2013
Páginas: 360
Nota: 8,0
RuimRuimBom
Saí cedo, levei meu cachorro_04
O livro de Kate Atkinson é o quarto da série do personagem Jackson Brodie. Em sua capa encontramos um homem passeando com seu cachorro fazendo jus ao título.
O livro é simples, letras são pequenas e não possuí capítulos, apenas  um detalhe desenhado que nos mostra que estamos em outro capítulo. O livro tem um pouco mais de 360 páginas de muito mistério.
Saí cedo, levei meu cachorro_05
Saí Cedo, Levei meu Cachorro, nos apresenta uma série de personagens enigmáticos. Entre eles o policial aposentado Jackson e Tracy, uma policial também aposentada que cuida da segurança de um shopping.
E outros vários personagens que aparecem na trama quando cresce. Tracy em 1975 era uma policial que estava fazendo ronda de rotina quando se deparou com um assassinato, ela e seu parceiro foram até o local e depararam-se com um menino trancado e sua mãe morta lá dentro. Tracy, teimosa e querendo justiça começa a procurar quem poderia ter feito aquilo.
O menino então é levado para um orfanato, onde a misteriosa Linda não quer dar detalhes do paradeiro dele.
Anos depois, Tracy trabalha em um shopping, misteriosamente uma mãe maltrata a filha pequena, sem saber o porque de tudo aquilo Tracy compra a menina e parte ruma a descobertas com ela.

Jackson, depois que se aposentou tenta se descobrir na vida, ele tem um filho pequeno com Julia, uma atriz de televisão, o policial, agora detetive, trava uma busca sobre suas origens. No meio disso, ele vê um homem maltratando um cachorro, sem pensar muito o motivo ele pegou o cachorro do homem, mas o que era para ser uma pequena missão de boa fé, Jackson descobre com o tempo que O Embaixador – como é o nome do cachorro tem um chip e ele faz com que seu verdadeiro dono ache ele.
Entre o passado e o presente de Tracy e Jackson precisam amarrar pontas soltas, crimes que não foram resolvidos, um punhado de gente, histórias complicadas, um cachorro com chip até por fim se encontrem para descobrir que o que procuram pode ser a mesma coisa.
Saí cedo, levei meu cachorro_01
Bem, que livro confuso. Esta é a verdade. O passado dos dois personagens principais ficou um pouco confusa pra mim, apesar da autora falar o que eles já fizeram, com quem trabalhavam e como eram.

Saí cedo, levei meu cachorro, tem uma trama delicada. O leitor precisa prestar muita atenção, um ponto deixado para trás pode fazer diferente depois.
Apesar do livro ser complexo, autora conseguiu me prender do começo ao fim. Fiquei tão curiosa para saber o que iria acontecer, quem exatamente estavam procurando – confesso para vocês que várias vezes durante o livro fiquei na dúvida quem era culpado do que, porque um fugia, quem iria encontra quem. Autora conseguiu a façanha de mudar minha ordem de pensamento várias vezes e acreditem, foi isto que me fez ficar presa na leitura.
Saí cedo, levei meu cachorro_07
Leia: Saí Cedo, Levei meu Cachorro lembra um pouco os clássicos romances policiais, bem estruturados, com uma história convincente e que faz o leitor junto com os personagens, quebrar a cabeça para descobrir os mistérios.
Valeu a pena.
Agora é torcer para a Editora Fundamento publicar outros livros da autora.
                  Seu primeiro romance, Behind the Scenes, ganhou o Whitbread Book of the Year antes de Salman Rushdie 's de Mouro Last Sigh e Roy Jenkins's biografia de William Ewart Gladstone . Ela passou a ser uma Sunday Times bestseller. Desde então,  já publicou outros cinco romances, e uma coleção de histórias curtas.

Helana O'hara
Sobre o Autor "Sou tímida, quem diria, e me sinto desconfortável no meio de muita gente. Não sei ter relações meramente sociais: fico amiga ou não fico nada, o tititi mundano está acima de minhas capacidades. Adoro estar nos lugares, olho tudo, sou curiosa, gosto de ouvir o que as pessoas dizem, mas, quando elas são muitas, eu preferia ser uma mosca.” {Danuza Leão} Petites + In The Sky + Dave Grohl + James Franco + Anna Friel + Ryan Gosling + Música + Cinema e louca por livros! {www.epetites.blogspot.com.br} {www.intheskyblog.blogspot.com.br} Bem vindo sempre!

12 comentários :

  1. nossa, eu passei um sufoco com você, só vendo as coisas que você falava dele enquanto lia hahaha
    acho que se eu fosse você, teria largado ele! sério! apesar de não gostar de largar livros pela metade kkkkk
    o estilo do livro é bem o gênero que eu gosto, mas não estou com vontade de ler ele por conta dos seus comentários ;x
    quem sabe, se a editora lançar os outros livros eu me arrisque... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tu passou um sufoco imagina eu? HASUAHSUAHSUAHSAS até gostei do sufoco, mas ainda acho que preciso ler as continuações.

      Excluir
  2. Apaixonada pelos cachorrinhos nas fotos hahaha
    Não conhecia o livro.
    Não sou muito fã de romances policiais, acho que o livro não me agradaria muito.

    Beijinhos,
    Paula
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei dele, por que amo livros policiais ;)

      Excluir
  3. Hm, eu curto livros policiais, mas sou muito seletiva hahah Sei lá, fiquei levemente curiosa por causa da resenha, mas de primeiro assim não me interessou muuuito não... =P

    Bjus!

    @mariapsalles
    Jardim de Borboletas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como bati na tecla milhões de vezes, publicam o quarto livro sem publicar os três primeiros antes fica tenso assim :'(

      Excluir
  4. Salve, salve, Helana!

    Bem, eu acompanhei a sua saga para finalizar a leitura deste livro, rs, confesso que no começo fiquei bem surpreso com a premissa da obra e tudo mais, mas, aos poucos, fui perdendo a vontade de interpretar a história. Livros policiais não são muito o meu forte, mas de vez em quando eu leio um que outro para sair da minha zona de conforto.

    Como eu disse "Saí cedo, levei meu cachorro", não é uma das minhas prioridades, mas quem sabe no futuro eu não o leia e me surpreenda? rs

    Um abraço | Um Leitor a mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?
      É um livro complexo, como falei mil vezes, mas é um bom livro. Ele tem uma escrita boa, como tem 213165354534 personagens, confunde um pouco, mas valeu no final o livro foi bem interessante.
      Beijão.

      Excluir
  5. Oie, tudo bom?
    Que livro diferente, seja pelo nome ou pela narrativa.
    Por ter essa pegada dos livros policiais talvez eu me interesse pela história.
    Como anda o desafio? Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      se tu curte policiais pode ser que goste dele é bom!

      Excluir
  6. O título é engraçado, mas a confusão me deixou com um pé atrás.. eu adoooro livros com temática policial, que me deixam curiosa pelo desfecho e sem saber ao certo o real culpado. Mas fiquei preocupada em perder alguma informação e acabar "boiando".
    Os cachorrinhos são bem fofos, gostei da temática para as fotos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ler com atenção sério, se não tu se perde mesmo :( eu me eprdi algumas vezes até pegar o ritmo da leitura.

      Excluir