Resenha: O Prisioneiro do Céu, Carlos Ruinz Zafón

27 fevereiro 2017

Resenha de Livro
Oi amores tudo bem?
Hoje, mais uma resenha do ciclo O Cemitério dos Livros Esquecidos. Este é o terceiro livro do ciclo, mas lembro que se você não tem algum dos livros não tem problema, essa série não precisa ser lida necessariamente na ordem que foi publicada, o autor foi tão inteligente que criou raizes em seus livros, onde o leitor pode fazer o ciclo que quiser com eles ♥ Não é maravilhoso?

Logo menos estarei fazendo a próxima releitura do blog, que será A Sombra do Vento, então vamos ter todos os livros de Zafón rese nhados aqui.
- O Jogo do Anjo: http://bit.ly/OJogoDoAnjoResenha
- Vídeo sobre O Cemitério dos livros Esquecidos: http://bit.ly/VideoZafon

A resenha não contém spoilers, podem ficar tranquilos!

o prisioneiro do céu03

O Prisioneiro do Céu O Cemitério dos Livros Esquecidos # 03

Zafón

Barcelona, 1957. Daniel Sempere e seu amigo Fermín, os heróis de A sombra do vento, estão de volta à aventura para enfrentar o maior desafio de suas vidas. Já se passa um ano do casamento de Daniel e Bea. Eles agora têm um filho, Julián, e vivem com o pai de Daniel em um apartamento em cima da livraria Sempere e Filhos. Fermín ainda trabalha com eles e está ocupado com os preparativos para seu casamento com Bernarda no ano-novo. No entanto, algo parece incomodá-lo profundamente. Quando tudo começava a dar certo para eles, um personagem inquietante visita a livraria de Sempere em uma manhã em que Daniel está sozinho na loja. O homem misterioso entra e mostra interesse por um dos itens mais valiosos dos Sempere, uma edição ilustrada de O conde de Montecristo que é mantida trancada sob uma cúpula de vidro. O livro é caríssimo, e o homem parece não ter grande interesse por literatura; mesmo assim, demonstra querer comprá-lo a qualquer custo. O mistério se torna ainda maior depois que o homem sai da loja, deixando no livro a seguinte dedicatória: "Para Fermín Romero de Torres, que retornou de entre os mortos e tem a chave do futuro". Esta visita é apenas o ponto de partida de uma história de aprisionamento, traição e do retorno de um adversário mortal. Daniel e Fermín terão que compreender o que ocorre diante da ameaça da revelação de um terrível segredo que permanecia enterrado há duas décadas no fundo da memória da cidade. Ao descobrir a verdade, Daniel compreenderá que o destino o arrasta na direção de um confronto inevitável com a maior das sombras: aquela que cresce dentro dele. Transbordando de intriga e emoção, O prisioneiro do céu é um romance em que as narrativas de A sombra do vento e O jogo do anjo convergem e levam o leitor à resolução do enigma que se esconde no coração do Cemitério dos Livros Esquecidos.
Edição: 1
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788581050737
Ano: 2012
Páginas: 248
O Prisioneiro do Céu, é o terceiro livro do Ciclo O Cemitério dos Livros Esquecidos. A Suma de Letras continuo com uma diagramação simples e bonita, continuou também com o mesmo estilo de capa mostrando ruas de uma antiga Barcelona.
O livro é o mais curto deles, com aproximadamente 250, ele é divido em cinco partes.

Novidades Literárias: Editora Sextante e Editora Arqueiro

26 fevereiro 2017

novidades literárias
Oi amores tudo bem?
Hoje tem novidades literárias! Vamos aproveitar o feriadão e trazer postagens mais “lights” para nosso cantinho.
Os lançamentos são do mês de Março! O último antes da nova Seleção de parceiros do blog #torçamParaOInTheSkyPassar.
Os livros são todos muito interessantes.
Vou começar falando da Sextante que chegou com livros bem lindos, curiosos, tão curiosos que abri mão de outro livro do Ken Follett, sim minha gente. A Vida Secreta das Árvores me chamou tanta atenção que tive que solicitar!Achei a premissa do livro ótima.
Outros títulos bem legais são do Pedro Siqueira, que veio com dobradinha Senhora das águas e Senhora dos Ares, a premissa é muito linda e as capas não ficam atrás.
Maus Argumentos também é um livro que achei interessante aborda um pouco as redes sociais e alguns erros que cometemos também!
Já a Editora Arqueiro, nos presenteia com um livro de Nicola Yoon O Sol Também é uma Estrela, já falamos dele no blog. A Chave de Rebecca do Ken Follet, mas um mistério na Segunda Guerra Mundial. Quando a Bela dominou a Fera é uma releitura de uma das histórias mais queridas já existentes.
E para quem gosta de Norah Roberts, a Editora presenteou seus fãs com uma história envolvendo bastante mistério!
sextante01

- A Vida Secreta das Árvores.

E se tudo o que você sempre pensou saber a respeito das árvores estivesse errado? E se, apesar de tão diferentes de nós, descobríssemos que elas compartilham diversas características dos humanos?
Nos últimos anos a ciência tem comprovado que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Assim como nós, elas se comunicam, mantêm relacionamentos, formam famílias, cuidam dos doentes e dos filhos, têm memória, defendem-se de agressores e competem ferozmente com outras espécies – às vezes, até com outras árvores da mesma espécie. Algumas são naturalmente solitárias, enquanto outras só conseguem viver plenamente se fizerem parte de uma comunidade. E, assim como nós, cada uma se adapta melhor a determinado ambiente.

- Senhora das Águas.

Psicóloga experiente, Gabriela sempre tratou a religião como crendice ou truque da mente. Quando sua mãe fica doente, ela acaba se aproximando do capelão do hospital, padre José, mais em busca de apoio do que por uma questão de fé. Após o falecimento da mãe, Gabriela mantém contato com o sacerdote, confortável pelo fato de ele não procurar convertê-la.
Porém, depois de pouco mais de um mês, a psicóloga tem uma notícia devastadora: uma grave doença se alastra por seu corpo. Como lidar com a mente dos pacientes se a sua própria já não parece funcionar mais? Ao revelar o caso a padre José, Gabriela recebe um conselho: viajar para Lourdes, uma cidade famosa pelos milagres de cura. Mesmo sem a mínima confiança e determinação, ela decide partir em peregrinação para lá.
É nessa jornada que Gabriela começa a relembrar toda a sua vida desde a infância, e assim emergem muitas questões filosóficas e existenciais. Sem saber o que a aguarda na Europa, ela sente que uma presença poderosa a acompanha e que, talvez, lá possa encontrar as respostas para as dúvidas que lhe afligem a alma.

- Senhora dos Ares.

Durante a Segunda Guerra Mundial, uma esquadrilha da Força Aérea dos Estados Unidos não consegue completar uma missão na Itália devido a um fenômeno inexplicável. Quando sobrevoam o monte Gargano, os militares têm uma visão sobrenatural que os aterroriza e os faz voltar para a base.
O que poderia ser apenas um ataque militar frustrado acaba se tornando o ponto de partida para a conversão de dois oficiais. Curiosos para desvendar o misterioso evento, Connors e Bloom vão até um convento na cidade de San Giovanni Rotondo, onde pode estar a resposta para suas dúvidas.
Muitos anos depois, no leito do hospital, Connors sente que ainda precisa completar a missão de dar um rumo à vida do filho, Rafael, e lhe entrega um envelope, pedindo que o abra após sua morte. Quando é chegada a hora, o rapaz se depara com um bilhete contendo o último pedido de Connors: ele deve partir para uma cidade desconhecida à procura do que o pai chama de “verdadeiro caminho”.
Essa viagem permitirá que o jovem relembre todas as fabulosas histórias do pai e inicie uma jornada de autoconhecimento, abalando seus conceitos sobre a vida, a fé e o amor.

Dicas Literárias: Vamos passar o Carnaval com boas leituras?

25 fevereiro 2017

Oi amores tudo bem?
Um post leve e gostoso para o sabado de feriadão. Pois feriadão já começa na sexta para alguns #Verdade.
Os lviros citados hoje no post não são tão novidades assim, mas de qualquer maneira, queria deixar algumas dicas legais!
A Editora Arqueiro selecionei 9 livros para todos os gostos! Tem para aqueles que querem se apaixonar. Para os que querem se emocionar e para aqueles que querem se surpreender (assim como eu!).
Segue a lista que só tem livro bom minha gente ♥
010203
Mas também temos poesia, para quem gosta de um momento de reflexão. DES(NU(DO), do autor Thássio Ferreira.
Desnudar-se é se despir de roupas e adereços e mostrar-se como se é. Isso requer coragem. Thássio G. Ferreira assume o risco em seu primeiro livro de poesias, (DES)NU(DO), com lançamento em março de 2017 pela editora Ibis Libris. Com linguagem elegante e refinada, ao mesmo tempo de fácil compreensão, o poeta tece versos sobre temas como o tempo, os silêncios, o próprio fazer poético, as sensações e imagens despertadas pelo contato com a natureza e os encontros e desencontros nos relacionamentos, entre outros.
04
-> Siga o Blog nas redes sociais e fique mais pertinho da gente ? FacebookInstagramTwitterYouTubeBaixe o Aplicativo para celular In The Sky

Helana O'hara
Sobre o Autor "Sou tímida, quem diria, e me sinto desconfortável no meio de muita gente. Não sei ter relações meramente sociais: fico amiga ou não fico nada, o tititi mundano está acima de minhas capacidades. Adoro estar nos lugares, olho tudo, sou curiosa, gosto de ouvir o que as pessoas dizem, mas, quando elas são muitas, eu preferia ser uma mosca.” {Danuza Leão} Petites + In The Sky + Dave Grohl + James Franco + Anna Friel + Ryan Gosling + Música + Cinema e louca por livros! {www.epetites.blogspot.com.br} {www.intheskyblog.blogspot.com.br} Bem vindo sempre!

Cinema e Café: Manchester à Beira-Mar

23 fevereiro 2017

cinema e café
Marina Landert
Manchester à Beira-Mar05

Manchester à Beira-Mar

Ficha técnica
Diretor: Kenneth Lonergan
Elenco: Casey Affleck, Michelle Williams, Kyle Chandler, Lucas Hedge.
Sinopse: Manchester à Beira Mar conta a história de Lee Chandler, que tem de voltar à sua cidade natal após a morte de seu irmão e enfrentar alguns traumas do passado.
Olá pessoal, tudo bem?
Continuando o especial sobre os filmes indicados ao Oscar 2017 desta vez trouxe um muito comentado como filme, mas principalmente na categoria de melhor ator, com Casey Affleck (sim, para aqueles que nunca ouviram falar ele é o irmão de Ben Affleck) em Manchester à Beira-Mar. Dirigido por Kenneth Lonergan e que também tem no elenco Michelle Williams, Kyle Chandler e Lucas Hedge, Manchester à Beira-Mar conta a história de Lee Chandler, que mora em Boston quando recebe a notícia da morte de seu irmão e tem de voltar à sua cidade natal Manchester para cuidar dos detalhes do funeral e dar a notícia a seu sobrinho Patrick. No entanto, para seu espanto seu irmão o deixou como o guardião de Patrick, o que provoca uma mudança em seus planos e o faz a ter que enfrentar os traumas do passado que o fizeram abandonar a cidade da primeira vez.

Resenha: Eleanor&Park, Rainbow Rowell

21 fevereiro 2017


Resenha de Livro
Por Elaine Moreira
Esses dias eu estava no elevador do meu prédio, esperando chegar no meu andar, pensando sobre como eu iria descrever Eleanor & Park para vocês.
Para quem acompanha o meu canal, eu viu um vídeo falando sobre o livro, deixando claro o quanto eu havia amado a leitura.
Bem, lá no elevador eu encontrei a palavra que poderia definir Eleanor & Park: Contrastes.
eleanor e park_05

Eleanor & Park Rainbow Rowell

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788542801255
Ano: 2014
Páginas: 328
Tradutor: Caio Pereira
Trata-se de uma história de amor. Mas não é só de amor.
Trata da realidade de uma forma crua e cruel. Mas também traz uma fantasia, uma beleza, que já não se encontra mais (pelo menos não facilmente)  É uma história antiga e atual.
Eleanor é medo.
Park é aceitação.